11 de mai de 2012

Meditação de Doña Pachita


Doña Pachita, uma das xamãs mais extraordinárias do México contemporâneo, realizava verdadeiras façanhas de cura, de manejo do espaço-tempo, da energia e da matéria, e dizia utilizar uma série de procedimentos que lhe permitiam realizar seu trabalho.

O procedimento principal de meditação de Doña Pachita consistia em sentar-se em uma cadeira de frente para seu altar no quarto onde realizava suas operações e curas, e uma vez ali, fechar os olhos e respirar suavemente até escutar um zumbido característico em um dos ouvidos. Uma vez captado este zumbido, o qual, segundo Doña Pachita, era a manifestação de uma mudança de estado nela mesma, atendia a esse som interno até que sentia que caia em uma espécie de grande orifício, onde mudava de estada.

Doña Pachita meditava sobre sensações sonoras características e depois se deixava ir em um ato que ela descrevia como o de um salto no vazio ou de uma súbita baixada na roda da fortuna, depois do qual começava suas operações cirúrgicas.

A técnica me faz recordar um procedimento hindu de meditação chamado "shabd", no qual o meditador deve por atenção em um zumbido característico e seguir esse zumbido por um período de tempo relativamente longo.

(MEDITAÇÃO XAMÂNICA - Capítulo XXII do livro La Meditación, de Jacobo Grinberg-Zylberbaum, UNAM e INPEC, México, 1991)


18 de abr de 2012

Aromaterapia e os hormônios.


Aromaterapia e os hormônios atuando juntos para um bom controle do estresse da vida moderna. 

Tudo que buscamos atualmente é um mínimo de equilíbrio para administrarmos bem o estresse do dia a dia.
O estresse tanto pode ser positivo quanto negativo, isto depende da vertente em que ele está focalizado – quando focalizado na vertente considerada positiva, se manifestará através de atitudes construtivas, impulsionadoras de novas idéias ou iniciativas, condições estas que são possibilitadas especialmente pelo nível de serotonina que circula pela corrente sanguínea; quando focalizado na vertente considerada negativa, o estresse se manifesta através dos distúrbios e doenças no corpo físico, e através dos transtornos psicológicos (mente e emoções em desajuste com a vida), condições estas, gerados pelo cortisol, hormônio do estresse, que o sistema endócrino despeja na corrente sanguínea, quanto mais estresse, mais cortisol. 

Tudo que a aromaterapia pode fazer é equilibrar o estimulo da produção destes hormônios pelas glândulas do sistema endócrino - hipotálamo e pituitária - glândulas responsáveis pelo estimulo e produção destes hormônios no corpo. 

Uma boa demonstração de que o estresse está sendo bem administrado pelo individuo pode ser observado através do equilíbrio dos níveis físico, mental, emocional.

Nível físico – se expressa equilibrado através da boa saúde. 
Nível mental – se expressa equilibrado através da mente bem focada e clara
Nível emocional – se expressa equilibrado através da maturidade nos relacionamentos, que pode ser traduzido pela forma de convívio familiar, profissional e social, a pessoa madura emocionalmente não se deixa afetar pela ação dos outros, seja em que segmento for (familiar, profissional e ou social), pois o bom nível de maturidade emocional lhe confere amorosidade e aceitação suficiente, para não se deixa afetar por ações externas advinda de outras pessoas. 
No nível espiritual - aqueles que buscam, de forma consciente e constante, administrar bem a ação do estresse cotidiano em suas vidas, certamente que com o passar do tempo, entrarão em contato com um nível de equilíbrio interior excelente, e esta conquista lhe conferirá o beneficio de desfrutar daquilo que todos almejamos para nossas vidas, a Profunda Paz de Espírito. 

Os óleos essenciais se utilizados de forma consciente e com conhecimento adequado são extremamente benéficos para a nossa saúde em geral. 
Eles nos ajudam a alcançar o equilíbrio interior e paz de espírito. 

Lembrando que os óleos essenciais utilizados para o beneficio de nossa saúde difere completamente dos ‘produtos aromáticos’ (spray para ambientes, velas, cosméticos e outros). 

Produtos aromáticos não são considerados substancias utilizáveis para a pratica da ‘Cura pelos Aromas’, que literalmente significa ‘Aroma- terapia.’

Os óleos de maior ressonância com o Sistema Nervoso Central e o Sistema Endócrino para ajudar na administração do estresse são, primeiramente o socorro da aromaterapia:

Lavanda – este óleo contem uma porcentagem equilibrada dos componentes químicos ésteres e alcoóis o que confere a ela excelência no campo emocional e mental para trazer calma, tranqüilidade, paz, e alivio para as questões emocionais e as dificuldades no nível do raciocínio. 
Equilibradora por natureza. 

Camomila romana – contem alta porcentagem de éster – isto faz deste óleo um excelente apoiador para tratar especialmente as pessoas que não conseguem controlar suas emoções, elas são extremamente sensíveis e melindrosas reagem prontamente a tudo. 
Este padrão de comportamento é considerado na homeopatia como morbidamente sensível, ou seja, são indivíduos que vivem suas vidas em constante estado de alerta. Isto sinaliza que o hormônio do estresse, o Cortisol está elevado na corrente sanguínea. 
Vários outros óleos essenciais são extremamente benéficos e uteis para ajudar no controle e equilíbrio do Estresse, cada um deles têm especial peculiaridade terapêutica, e, todos atuam no combate ao elevado nível de estresse da vida moderna.

Aromaterapia de qualidade trata o individuo, e não sua disfunção, para isto, se faz necessário um bom nível de conhecimento dos óleos essenciais e suas propriedades terapêuticas, associado a este conhecimento, um bom treinamento na área de aromaterapia.

http://www.novafloressencia.com.br

Por: Vera Lúcia Guedes

Aquiete sua mente e beneficie sua saúde.

Entre as inúmeras atividades com as quais você fica envolvido durante todo o dia e parte da noite, qual é o momento em que dá uma parada, mesmo que rápida, para pensar em si mesmo? Se você pensou que isso ocorre antes de dormir, a resposta não valeu.

Geralmente, o dia foi tão atribulado que esse não é o melhor momento para se cuidar. O corpo estará tenso, os pensamentos a todo o vapor e você dificilmente alcançará os benefícios de estar sozinho consigo.

Aliás, parar nem que seja por dez minutos e se concentrar em algo que faz bem parece, para muitos, uma perda de tempo. Pedir que alguém se desligue de tudo que precisa ser feito – que é aquietar a mente – por poucos minutos pode ser um martírio.Entretanto, muitos já se renderam aos benefícios da meditação, uma boa alternativa para desconectar-se do mundo exterior e concentrar-se apenas em si, seja para acalmar os pensamentos e ter condições de tomar decisões importantes com mais tranqüilidade ou simplesmente experimentar um momento exclusivamente seu.

"Algumas pessoas podem ter a impressão de que quem medita está parado ou não está fazendo nada. Pelo contrário, meditar exige muita disciplina e, consequentemente, esforço. Passamos muito tempo da vida cuidando do mundo externo, enquanto todos deveriam reservar um tempo do dia para o autocuidado, a higiene não só física, mas também mental", explica o dr. Gilbert Bang, médico fisiatra do Centro de Reabilitação do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE).

Aquiete sua mente!A meditação nada mais é do que um exercício de atenção concentrada, que pode ser realizado por qualquer pessoa, independentemente de idade, gênero ou crença. Cada tipo de técnica - e vale lembrar que há milhares - tem objetivos específicos. De qualquer forma, o foco é vivenciar o momento presente, o que por si só promove relaxamento e crescimento pessoal e espiritual.No livro Medicina e Meditação: Um Médico Ensina a Meditar (MG Editores), o dr. Roberto Cardoso, médico e pesquisador da área de meditação na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), afirma que o objetivo da meditação é apenas observar, sem tentar dominar, julgar, comparar ou analisar os pensamentos. 

"Qualquer que seja a técnica de meditação utilizada, trata-se apenas de um caminho para driblar a mente e atingir o estado meditativo", explica.

As técnicas meditativas podem ter como meio de concentração ritmo respiratório, sons, objetos, movimentos, visualização de imagens. "Não é preciso meditar apenas sentado, da forma clássica como a maioria das pessoas imagina. Há técnicas de meditação ativa, que podem ser realizadas andando", explica o dr. Bang.Durante a meditação, as ondas cerebrais de baixa frequência (alfa, teta e delta), que estão relacionadas ao estado de relaxamento, tomam conta do cérebro. Em contrapartida, as ondas beta, de alta frequência - que são relacionadas ao estado de vigília ou atividade normal -, aparecem em menor quantidade. Com o cérebro tomado por ondas de baixa frequência, o organismo todo desacelera: diminuem a frequência cardíaca, a pressão arterial e o ritmo respiratório.

Os efeitos da prática não são sentidos apenas de forma fisiológica. O lado emocional também é afetado de forma benéfica. Entre as sensações descritas por meditadores estão o relaxamento mental, a paz interior, a felicidade, a satisfação, a harmonia e a menor tendência a perder o controle diante de situações inusitadas.

Publicada em abril/2008Atualizada em novembro/2009

Hospital Albert Einstein

12 de jan de 2010

Yogananda




" O relógio não percorre vinte e quatro horas em um minuto, e você também não pode fazer em uma hora o quer faria em vinte e quatro. Viva cada momento presente de maneira intensa e o futuro cuidará de si mesmo. Aprecie plenamente a beleza de cada instante. Pratique a presença da paz. Quanto mais o fizer, mais sentirá a presença desse poder em sua vida."

Ninguém vive só ...




NINGUÉM VIVE SÓ.

Nossa alma é sempre núcleo de influência para os demais.
Nossos atos possuem linguagem positiva.
Nossas palavras atuam à distância.
Achamo-nos magneticamente associados uns aos outros.
Ações e reações caracterizam- nos a marcha.
É preciso saber, portanto, que espécie de forças projetamos naqueles que nos cercam.
Nossa conduta é um livro aberto.
Quantos de nossos gestos insignificantes alcançam o próximo, gerando inesperadas resoluções!
Quantas frases, aparentemente inexpressivas, arrojadas de nossa boca, estabelecem grandes acontecimentos!
Cada dia, emitimos sugestões para o bem ou para o mal...
Dirigentes arrastam dirigidos.
Servos inspiram administradores.
Qual é o caminho que a nossa atitude está indicando?
Um pouco de fermento leveda a massa toda.
Não dispomos de recursos para analisar a extensão de nossa influência, mas podemos examinar-lhe a qualidade essencial.
Acautela-te, pois, com o alimento invisível que forneces às vidas que te rodeiam.
Desdobra-se- nos o destino em correntes de fluxo e refluxo.
As forças que hoje exteriorizam de nossa atividade voltarão ao centro de nossa atividade amanhã.

(Do livro "Fonte Viva - Francisco Cândido Xavier - Emmanuel)

Árvore de amigos




MINHA ÁRVORE DE AMIGOS

Quisera armar uma árvore dentro de meu coração, e nela, ao invés de presentes, pendurar os nomes de todos meus amigos ...
Os amigos de longe e os de perto;
Os antigos e os mais recentes;
Os que vejo diariamente e aqueles que raramente encontro;
Os de sempre lembrados e os às vezes esquecidos;
Os constantes e os inconstantes;
Os das horas difíceis e os das horas alegres;
Os que sem querer me magoaram e aqueles que sem querer magoei.
Aqueles a quem conheço profundamente e os que conheço apenas de vista;
Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo;
Meus amigos jovens, velhos e as crianças, eternas amigas.
Os nomes de todos que já passaram pela minha vida.
Os que me conhecem e me admiram, sem que eu saiba;
Aqueles que estimo e admiro, sem lhes dar a entender.
Uma árvore bem grande, com raízes profundas, para que eles nunca sejam retirados do meu coração....
Seus ramos extensos, para que possam tocar outros ramos;
Sua sombra generosa, para que possa descansar nas horas difíceis da vida..."

Autor desconhecido"

Meditação



Meditação
A meditação é comumente praticada pelos budistas para obter felicidade interior e cultivar sabedoria, de forma a alcançar a purificação da mente e a libertação. É uma atividade de consciência mental. A felicidade que obtemos do ambiente físico que nos envolve não nos satisfaz verdadeiramente nem nos liberta de nossos problemas. Dependência de coisas impermanentes e apego à felicidade do tipo "arco-íris" produz somente ilusão, seguida de pesar e desapontamento. Segundo o Budismo, existe felicidade verdadeira e duradoura e todos temos o potencial de experimentá-la. A verdadeira felicidade jaz nas profundezas de nossa mente, e os meios para acessá-la podem ser praticados por qualquer um. Se compararmos a mente ao oceano, pensamentos e sentimentos tais como alegria, irritação, fantasia e tédio poderiam ser comparados a ondas que se levantam e voltam a cair por sobre sua superfície. Assim como as ondas se amansam para revelar a quietude nas profundidades do oceano, também é possível acalmar a turbulência de nossas mentes e revelar pureza e claridade naturais. A meditação é um meio de alcançar isso. Nossas ilusões, incluindo ciúmes, raiva, desejo e orgulho, originam-se da má compreensão da realidade e do apego habitual à nossa maneira de ver as coisas. Através da meditação, podemos reconhecer nossos erros e ajustar nossa mente para pensar e reagir de maneira mais realista e honesta. Esta transformação mental acontece gradualmente e nos liberta das falácias instintivas e habituais, nos permitindo adquirir familiaridade com a verdade. Podemos, então, finalmente, nos libertar de problemas como insatisfação, raiva e ansiedade. Finalmente, compreendendo a maneira como as coisas de fato funcionam, nos é possível eliminar completamente a própria fonte de todos os estados mentais incômodos. Assim, meditação não significa simplesmente sentar-se em uma determinada postura ou respirar de uma determinada maneira; estes são apenas recursos para a concentração e o alcance de um estado de mente estável. Apesar de diferentes técnicas de meditação serem praticadas em diferentes culturas, todas elas partilham o princípio comum de cultivar a mente, de forma a não permitir que uma mente destreinada controle nosso comportamento.

A vida humana é preciosa e, no entanto, nós a conseguimos.
O Dharma é precioso e, no entanto, nós o ouvimos.
Se não nos cultivarmos nesta vida,
Quando teremos essa chance novamente?

11 de jan de 2010

O que é Numerologia?


NUMEROLOGIA

Um dia uma amiga me presenteou com um Mapa numerologico e desde então, me apaixonei pelo tema. Na época, não tinha nem idéia da amplitude deste mundo. Depois deste primeiro contato, comecei a comprar muitos livros e me tornei autodidata. Na verdade, aprendiz de feiticeiro que saía fazendo cálculos com os nomes de todos os amigos. Era divertido. Conforme a curiosidade crescia, as constatações alimentavam minha satisfação pessoal. Procurei especialização.
Hoje, como profissional, constantemente sou abordada para responder as dúvidas mais diversas sobre Numerologia e a mais comum entre todas é justamente sobre a prática, aplicação deste estudo.
Como, onde e quando aplicar numerologia conseguindo resultados práticos para o dia a dia.

Afinal, o que é Numerologia? 

Quem, hoje em dia, já não ouviu falar ou leu algo à respeito?   
Muitos são os conceitos atrelados a este estudo.    
Movidas pela curiosidade ou por forte interesse as pessoas que tiveram algum contato com os princípios básicos de numerologia sentem-se atraídas por ela. Algumas encontram informações curiosas sobre si mesmas, outras procuram as chamadas previsões nos números, como costumam ver em astrologia.
Boa parcela da população desconhece as origens e raízes dos estudos dos Astros e dos Números. 

A numerologia e astrologia eram práticas dos antigos povos. Algumas civilizações atuais ainda preservam suas tradições, porém eram muito difundidas no mundo antigo. Personalidades influentes consultavam os astros e signos (símbolos letras e números) para terem sucesso em seus empreendimentos. Estes fatos vêm carregados de lendas, de força e riqueza envolvendo estas práticas numa aura de mistérios e encantos.

Pesquisando, constatei que o conhecimento dos astros e dos números eram considerados como prática  única, assim ainda é na Índia. Atualmente no mundo ocidental  tornaram-se estudos distintos. Neste caso seguiremos esta forma de estudo.

Pela pura observação constatamos que os números estão em todos os lugares, em todas as nossas práticas, é parte integrante de nossa realidade. Desde a contagem do tempo, idade, horas, meses, dias, até identificação de uma pessoa dentro da sociedade, possuí  um RG, CPF
um número no crachá. Nós somos  números para o Senso, nossas casas, carros identificados por números.
No passado  astrólogos , estudiosos notificavam os movimentos estelares, planetários e observavam suas correspondências na terra e codificavam com letras , números.

A numerologia compreende que as letras de nosso alfabeto correspondem a valores numéricos e juntando letras teremos palavras, nomes.
Comparo nomes e palavras com os “ Mantras” e como Mantras possuem uma influência vibracional.
O que um numerólogo faz é decodificar este “Mantra”, esta vibração, e assim procedendo podemos entender melhor, por exemplo,  as características de uma pessoa, a personalidade, qualidades e dificuldades. Podemos também compreender o momento pelo qual está passando, situações que enfrentou, enfrenta ou enfrentará. Observe que entender as modificações, mudanças em nossas vidas a partir do passar do tempo vem nos fornecer o alento, o conforto,  a sabedoria necessária para termos tranqüilidade. Ao contrário da crença popular a Numerologia não se propõe a adivinhações ou profetizar acontecimentos, mas sim entender as tendências de cada fase ou período que passamos no decorrer da vida.
Saber as tendências dos  Números  Temporários pode com certeza nos preparar,  evitando alguns contratempos e ao mesmo tempo aproveitar as facilidades daquele período em questão.
Como exemplos de Números temporários ou influências temporárias, temos: Ano Pessoal, dia Pessoal, um período mais longo conhecido como Realizações ou Pináculos, entre outros. 

A numerologia levada a sério, escapando das receitas comerciais que estão por aí a torto e a direita, pode ser para você como foi para mim, uma descoberta fascinante. Ainda hoje, reflito sobre as interpretações dos números e sua relação com o íntimo do ser humano.
Por vezes, estudando um Mapa posso compreender melhor as motivações que levam uma pessoa a certas atitudes. Tudo começa a ser compreensível. Isso me dá uma tremenda tranqüilidade. Aceito a realidade do meu próximo e, por causa dele, por observá-lo, consigo me enxergar melhor.
Costumo dizer que os números contidos  em um Mapa Numerologico são comparáveis ao “dial” de um rádio. Por eles, podemos chegar à freqüência em que aquele ser humano está sintonizado desde que nasceu. Saberemos seu alcance, se existe interferências ou se a transmissão é fidedigna.
O tipo de mensagem, o nível de programação que ele recebe e transmite. 
Nunca foi tão importante o se conhecer. Estamos na fase certa para isso. A natureza do ser humano abre esta brecha. 
E você? Conhece sua natureza? A freqüência que está sintonizado?
Estude Numerologia e entre num mundo vasto, abrindo o auto conhecimento e muito mais.

ROSANA QUEVEDOH
Trechos retirados do Texto  "O QUE É NUMEROLOGIA"  publicado pelo site da Revista Sexto Sentido – 14.06.2009


Yoga para ser mais feliz ....


Respiração e ritmo, característicos da prática milenar, influenciam o humor

©Yuri Arcurus/shutterstock
Entre as várias técnicas da ioga, os exercícios respiratórios (pranayama) parecem ser os que exercem maior influência nos estados de humor, justamente pela notória relação das emoções com a respiração. A regulação respiratória depende de uma série de mecanismos involuntários, podendo ser realizada sem a interferência do controle voluntário. As características da respiração se ajustam de acordo com as emoções, mas é possível alterar voluntariamente seu ritmo, frequência e profundidade.

As técnicas respiratórias orientam justamente esse controle voluntário, exercendo influência em mecanismos involuntários que regulam a respiração e o sistema cardiovascular, podendo modular a interação entre sistema nervoso simpático e parassimpático e, consequentemente, o eixo HPA. Esses exercícios ativam o sistema nervoso autônomo, com a finalidade de inibir o sistema simpatico e estimular o sistema parassimpático. Com a prática dos exercícios propostos pela ioga, os quimiorreceptores sensíveis à elevação de CO2, localizados no centro respiratório do cérebro (no tronco cerebral), começam a responder menos a esse aumento durante a expiração, de modo que o indivíduo consegue expirar mais prolongadamente, reduzindo a frequência cardíaca.

As técnicas têm como finalidade prolongar a expiração e valorizar a retenção de ar. Esse princípio conduz a um treinamento tão forte do SNA que ocorre um aumento das variações da frequência cardíaca, mesmo quando o indivíduo não está praticando, pois o padrão respiratório involuntário é profundamente alterado. Essas pesquisas talvez expliquem por que os praticantes de ioga são menos propensos a desenvolver transtornos de ansiedade e de humor e respondem melhor às alterações emocionais negativas.




Entrega




ENTREGA

Sim.
Eu aceito ser feliz profundamente!
Desfrutar os bons momentos.
Acreditar na vida,
Despertar a Deusa adormecida.
Sentir toda bem-aventurança,
Com a pureza de uma criança.
Me abandonar!
Nos braços da alegria,
No acalanto da melodia.
Que nos leva a perceber,
Que o amor e o prazer,
São fontes de energia.
Estão interligados e somos conectados
Ao divino,ao sagrado.
E nessa união, vamos então
Nos entregar e relaxar.
Nos envolver
Na suave paixão,
Em plena comunhão
Que nos leva:
Ao Nirvana total.

Poesia da amiga: Mara Túbero
Por: Deo Ortiz

Tua Caminhada ...




CHARLES CHAPLIN
Tua caminhada ainda não terminou....

A realidade te acolhe dizendo que pela frente o horizonte da vida necessita de tuas palavras e do teu silêncio.
Se amanhã sentires saudades,lembra-te da fantasia e sonha com tua próxima vitória.
Vitória que todas as armas do mundo jamais conseguirão obter,porque é uma vitória que surge da paz e não do ressentimento.
É certo que irás encontrar situações tempestuosas novamente,mas haverá de ver sempre o lado bom da chuva que cai e não a faceta do raio que destrói.

Tu és jovem.
Atender a quem te chama é belo, lutar por quem te rejeita é quase chegar a perfeição.
A juventude precisa de sonhos e se nutrir de lembranças, assim como o leito dos rios precisa da água que rola
e o coração necessita de afeto.
Não faças do amanhã o sinônimo de nunca, nem o ontem te seja o mesmo que nunca mais.

Teus passos ficaram.
Olhes para trás...mas vá em frente pois há muitos que precisam que chegues para poderem seguir-te.

10 de jan de 2010

Praticar yoga ajuda a aliviar dores ...


Praticar yoga ajuda a aliviar dores ...

  
Revisão de estudos sobre o tema mostra que a prática tem efeito, mas apenas sobre alguns tipos de dor.

Portal IG
Para muitas pessoas, a ioga é mais do que apenas um exercício. Estudos mostram que é uma das formas de terapia alternativa mais comumente usadas. Muitos dependem da ioga para aliviar dores crônicas e agudas e as razões para isto são variadas.

Alguns pesquisadores acreditam que a ioga alivia a dor por meio do relaxamento e da liberação de endorfinas. Outros dizem que pode reduzir a inflamação e promover emoções positivas. Vários estudos tentaram determinar se praticar ioga pode realmente ajudar a atenuar a dor.

Em uma recente revisão de estudos, uma equipe de pesquisadores esmiuçou a ciência e identificou dez experimentos clínicos aleatórios, envolvendo centenas de pacientes. Os estudos observaram os efeitos da ioga na dor oriunda de enfermidades como a artrite, problemas lombares, sintomas de gravidez e enxaqueca. As condições de controle eram tratamentos convencionais e mudanças de exercício, dieta e hábitos de vida.

Nove dos dez experimentos clínicos descobriram que a ioga pode ajudar a oferecer alívio da dor, o que os autores consideram 'animador’. Porém, eles também perceberam que nenhuma conclusão definitiva foi alcançada, por várias razões.

Os estudos envolveram pacientes que tinham dor proveniente de uma variedade de problemas e eles observaram que os vários tipos de ioga empregados nos estudos tinham similaridades, como os exercícios de respiração, alongamento e relaxamento – mas também muitas diferenças. O que complicou foi que a intensidade, a quantidade de tempo e a frequência das sessões de ioga variavam de um estudo para o outro.

Conclusão:
 
Apesar das evidências sugerirem que a ioga tem potencial para aliviar a dor, escreveu o grupo de pesquisadores, os dados científicos não são suficientemente fortes para ter certeza de que a prática realmente alivia a dor. Segundo o relatado na revisão de estudos, a ioga pode ter alguma utilidade no alívio da dor, mas são necessárias mais pesquisas. 

14 de out de 2009

O Presente

EU - Hoje fui ao enterro da esposa de um amigo. Ele estava inconsolável com tamanha perda, então ......
ELE - Desculpe interromper. Ninguém perde alguém ou alguma coisa. Apenas devolve. Ninguém é dono de ninguém ou de alguma coisa. A idéia de ser dono é uma baita ilusão, que acaba gerando sofrimento. Pessoas e bens que imaturamente alguém supõe possuir não passam de empréstimos. Ninguém é coisa que outro possua. Seu amigo estava devolvendo a Deus aquela que lhe fora emprestada.
E por falar em devolver, algum dia seus muitos empréstimos, que tem feito você com seu corpo, com seus talentos físicos, intelectuais, artísticos. Como tem investido seu tempo?! Você está merecendo a confiança daquele que lhe confiou tanto?
Já que, chegado o momento, não se pode deixar de devolver, o melhor é tratar de bem administrar o que lhe foi confiado. Para que a inevitável devolução não se torne dolorosa, o melhor remédio é cultivar o desapego. O dono de tudo é outro e não você. Para sofrer menos, nunca se esqueça de que virá a hora do despojamento.
Os que sofrem, porque imprudentemente pretenderam emprestar eternidade ao transitório e, iludidos por algum tempo, se sentiram proprietários. O administrador sensato se empenha para continuar merecendo confiança do único dono e Senhor de tudo e todos.


Trecho extraído do livro: O Presente
Autor: Professor Hermógenes.



Você pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...